roessler_picada1

O que é?
Pequenas caminhadas pela região metropolitana de Porto Alegre, para descobrir os ecossistemas locais. Fauna e flora, vistas e aromas. Tão perto e tão longe dos urbanóides.

Quando?
No último sábado de cada mês, com saída marcada sempre para às 8 horas.

De onde sai?
O encontro do pessoal é na frente do obelisco na Praça 20 de Setembro, Centro de Novo Hamburgo.

O que preciso?
Como requisitos básicos salienta-se apenas o hábito de caminhar, embora a maioria dos roteiros até então percorridos tenham sido de esforço mínimo a médio. Para chegarmos lá, assim como em outros locais, utilizamos ônibus de linha e embarcamos munidos de lanches, água e muita disposição.

Como isso começou?
O projeto Fim da Picada iniciou suas atividades em março de 1998, em Novo Hamburgo. Integrantes do Movimento Roessler para Defesa Ambiental, apaixonados por longas, pequenas e médias caminhadas, além de subidas a morros, resolveram compartilhar suas trilhas e prazeres com a comunidade em geral.
Quem não gosta de apreciar a natureza de cima de um morro? Pois um Fim da Picada muito interessante foi no Morro das Cabras, em Sapucaia do Sul.

Uma vez encontrado o local para a contemplação alguém lê um texto para meditação. O que nos remete a reflexão do local, do ser humano, das relações e da necessidade de mantermos sempre esta conexão com Gaia. A isto chamamos o nosso próprio sermão da montanha.

Durante os meses mais quentes as opções oferecem a possibilidade de banhos, durante os quais já estivemos em Picada Verão, Poço Feio, Cascata São Miguel, em Dois Irmãos, Praia do Paquetá, em Canoas, Cascata do Chuvisqueiro, em Rolante, etc.

Não há como não relaxar. É um encontro com várias pessoas. Uma caminhada que, às vezes requer um esforço físico incomum – porém – benéfico, uma parada para o lanche. Soneca, reflexão e paz.Muita paz e diversão.

fimdapicada1 fimdapicada2 fimdapicada3