Pindoty, Irapuá e Guapoy – três comunidades Guarani na Semana dos Povos Indígenas

O Caderno da Semana dos Povos Indígenas 2018, organizado pelo Conselho de Missão entre Povos Indígenas (COMIN) em diálogo com pessoas das comunidades Guarani Pindoty, Irapuá e Guapoy, localizadas no sul do Brasil, apresenta o mundo e o modo de viver Guarani. Essas três comunidades, assim como todas outras, estão ameaçadas especialmente pela falta de um lugar seguro para morar, plantar, caçar, pescar, rezar, criar suas crianças.

A ideia é compartilhar com pessoas não indígenas uma cultura a qual poucos têm acesso. Um mundo em que os Guarani vivem seu jeito e repassam sua cultura para novas gerações – como viver, como plantar, como conviver, como cuidar daquilo que Nhanderu criou.

O caderno, para ser trabalhado em salas de aula e em outros espaços educativos, é acompanhado de quatro cartilhas, com propostas criativas para aprofundar o tema, e várias pastas com fotos. Ainda, três vídeos destacam cada uma das comunidades, explicando um pouco sobre a vida e os desafios que estão enfrentando.

Os materiais estão disponíveis no site do COMIN, www.comin.org.br

Trabalhe a questão indígena com profundidade e responsabilidade!

 

Fonte: FLD

Post a comment