Óleo pela natureza

Observe atentamente a foto desta página. As duas crianças, que parecem se divertir em mais uma brincadeira, na verdade estão dando uma aula de coletividade. Estão depositando na bombona um óleo de cozinha já sujo, utilizado em alguma outra oportunidade, e que seria despejado no ralo da pia, indo em direção aos nossos arroios e rio, ou atirado no solo – uma destinação bem longe da ideal.

O menino e a menina da foto são alunos da Escola Municipal Ana Néri, um dos colégios participantes da campanha “Óleo pela Natureza”, promovida pelo Movimento Roessler para Defesa Ambiental.

Esta é uma campanha guiada pela seguinte máxima: “O que eu posso fazer pelo governo e não esperar o que o governo pode fazer por mim.”

É este o exemplo passado em sala de aula, de um trabalho que vai do individual ao coletivo, de um exercício simples de cidadania que age pelo bem de toda uma sociedade.

Em apenas um mês e meio de campanha, mais de 300 litros de óleo de cozinha usado foram recolhidos. As bombonas foram encaminhadas para escolas e algumas para condomínios. Todos estão empenhados em ampliar o total coletado e a comunidade está convidada a participar.

Contudo, não pense que a campanha fica restrita a encher bombonas e mais bombonas com óleo sujo. Tudo o que é coletado é encaminhado para a reciclagem. Temos um importante parceiro neste projeto que reaproveita o óleo para fins industriais. Este parceiro está certificado pelo ISO 14000 – um reconhecimento pelo atendimento a normas de gestão ambiental pela empresa.

É importante esclarecer também que, com esta parceria, a campanha ajudará a manter o Movimento Roessler atuante, em razão da contribuição financeira resultante, já que a empresa parceira compra o que iria pelo ralo.

No estado de São Paulo, a companhia de saneamento Sabesp lançou recentemente o Programa de Reciclagem de Óleo de Fritura com a alegação de que um litro de óleo contamina cerca de 25 mil litros de água. Se este dado é verdadeiro ou não, se a contaminação pode ser ainda maior ou não, um rápido exercício matemático serve de estímulo para a nossa campanha.

Em apenas um mês e meio de campanha, talvez tenhamos impedido a contaminação de 7.500.000 litros de água.!

Parabéns, Novo Hamburgo, por este exemplo de cidadania. Isto é só o começo.

Comments are closed.