Oficina de arborização urbana no Brique da Estação

 

No dia 09/12/2018 o Movimento Roessler realizou uma Oficina de Arborização Urbana dentro da programação do Brique da Estação. O tradicional evento ocorre aos domingos na Praça Mauá em Hamburgo Velho. No local funcionou por muitos anos a estação de trem do bairro Histórico. Nossa atividade reuniu cerca de 15 pessoas que percorreram a praça ao longo de uma hora fazendo uma série de paradas junto as principais árvores e pontos notáveis do local. Coordenou a atividade o Eng. Agrônomo Arno Kayser com o apoio dos Biólogos Markus Wilimzig e Luana Rosa, além da arquiteta Rejane Dreher. A oficina começou relatando os resultados do levantamento de arborização urbana realizado pelo Movimento Roessler em 2010 para instrumentalizar a criação de um plano de arborização urbana para Novo Hamburgo, seguido de um breve apanhado do paisagismo do local.

 


A praça foi reorganizada nos anos 80, depois da implantação da Avenida Vitor Hugo Kunz. O paisagismo segue um modelo característico da gestão do secretário de Serviços Urbanos Luiz Albuquerque, na gestão Nelson Ritzel. A marca é o emprego de árvores nativas e exóticas de grande porte plantadas de forma alinhada e grandes gramados. As árvores formam alamedas ao longo das vias de trânsito de automóveis. Este tipo de paisagismo tem sua inspiração na obra de Burle Marx, famoso artista e paisagista criador dos jardins em Brasilia, Rio de Janeiro e Belo Horizonte que ficou muito conhecido pelo largo emprego de espécies nativas do Brasil e algumas plantas de outras zonas tropicais que se adaptaram no país.

Na praça, existe uma grande incidência de espécies de árvores, com destaque para o Cedro, Guapuruvu, Pau-Ferro, Tungue, Jerivás, Quaresmeiras, Flamboyant, Ipê-Roxo e Olho de Pombo.

 
Também foi destacado o recanto que homenageia Flávia de Lima, morta em acidente de carro no local. O local está relativamente bem cuidado e tem serviço de apoio pra a realização de feiras.
 

Além do Brique da Estação já ocorreram feiras de produtor no local. O conjunto de árvores forma um recanto agradável que ameniza em muito o impacto do trânsito intenso da Avenida. Também forma uma barreira de segurança pra os frequentadores de eventos na via interna ao sul da Avenida. Ao final foram distribuídas mudas de árvores fornecidas pela Prefeitura ao público da caminhada e outros presentes no Brique.

 

Arno Kayser
Agrônomo, Ecologista e Escritor

Comments(2)

  1. luo.la says

    Ye ! This Is A Good Blog!

  2. hailporn says

    Hello There! Have A Good Day!

Post a comment