Manifesto do Movimento Roessler para Defesa Ambiental contra o arquivamento do tombamento do Corredor Cultural de Hamburgo Velho em Novo Hamburgo

O Movimento Roessler para Defesa Ambiental manifesta sua inconformidade com o Aviso de Notificação  assinado  pela  secretária  Beatriz  Araújo  e publicado  pela  SEDAC  na  última  sexta-feira  (29/03),  dando  notícia  do arquivamento  do Processo  de Tombamento  Estadual  do Corredor  Cultural  de Hamburgo  Velho,  em  Novo Hamburgo (RS). Entendemos o “Destombamento” como uma grande perda para o Meio Ambiente e a Sociedade de Novo Hamburgo.

O Corredor Cultural conecta os dois principais polos de desenvolvimento: a parte histórica de Hamburgo Velho (Hamburger Berg) e a parte moderna da cidade, o centro.

Várias marcas históricas de momentos de grande desenvolvimento da indústria calçadista ainda sobrevivem nesse espaço urbano peculiar. Inclusive a praça da bandeira, que só não virou um estacionamento nos anos 1980 por conta de uma ação direta da nossa entidade.

O corredor cultural vem passando por um processo de qualificação por iniciativa de diversos empreendedores, motivados pelo Tombamento que estão transformando o local num ponto de lazer e de atividade econômica e cultural de integração para todos os moradores da cidade e da região.

O tombamento não inclui só os prédios históricos, o mais importante é o tombamento da paisagem. A paisagem é determinada com os prédios, ruas, arborização das ruas, as praças e as árvores deles, etc. O meio ambiente faz parte desta paisagem, o meio ambiente também fica preservada pela paisagem tombada.

Portanto o “Destombamento” coloca esta paisagem cultural – histórico – ambiental em risco de descaracterização, e a transformação em um lugar sem caráter, como várias outras partes da cidade.

O Movimento Roessler para Defesa Ambiental se posiciona totalmente contrário a este ato arbitrário, do qual estamos chamando de “Destombamento”, e dessa forma busca apoiar as demais entidades de Novo Hamburgo que já se posicionaram.

Movimento Roessler em defesa ao ambiente natural e edificado de Novo Hamburgo, desde 1978!

Novo Hamburgo, 16 de abril de 2019.

Post a comment