• CAMAQUÃ, UM RIO LIVRE

    Precisamos manter o rio Camaquã livre de barramentos. Barramentos fragmentam os fluxos hídricos, provocam perdas de “habitats”, transformam ambientes lóticos em lênticos, interrompem rotas migratórias de peixes, isolam espécies, modificam processos metabólicos, mudam o gradiente hidráulico, alteram o regime de vazão e fluxo, influem no processo sedimentar, atuam cumulativamente e acentuam os efeitos sinérgicos, interferem […]

    Continue reading